Manoel de Oliveira Fotógrafo

Publicação dedicada à exposição de fotografias pertencentes ao acervo do realizador patente na Casa do Cinema Manoel de Oliveira de outubro de 2020 a abril de 2021

Manoel de Oliveira Fotógrafo

Publicação dedicada à exposição de fotografias pertencentes ao acervo do realizador patente na Casa do Cinema Manoel de Oliveira de outubro de 2020 a abril de 2021

Preço
39,90 €

Preço de Amigo
€ 35,91
Quantidade

Ser Amigo faz a diferença. Junte-se a nós!

A acompanhar a exposição Manoel de Oliveira: Fotógrafo a Casa do Cinema Manoel de Oliveira / Fundação de Serralves publicou um livro dedicado às fotografias pertencentes ao acervo do realizador.

Produzidas entre o final dos anos 1930 e meados dos anos 1950, estas imagens, guardadas durante várias décadas e na sua maioria inéditas, revelam não só uma faceta ignorada do realizador – a sua atividade como fotógrafo –, como lançam, também, novas hipóteses de olhar para a evolução da sua obra cinematográfica.

O livro conta ainda com ensaios de António Preto, Bernardo Pinto de Almeida, David Campany, Emília Tavares e Maria do Carmo Serén. 

Manoel Cândido Pinto de Oliveira nasceu a 11 de dezembro de 1908, no Porto. Foi o realizador com a mais longa carreira da história do cinema, num total de 84 anos entre a sua estreia na realização (com Douro, Faina Fluvial, em 1931) e o seu últi­mo filme (Um Século de Energia, em 2015).

Com uma filmografia que inclui mais de cinquenta títulos, foi o único cineasta a passar do cinema mudo ao cinema sonoro, do preto e branco à cor e da película de nitrato ao suporte digital. Tendo continua­do a filmar até aos 106 anos, Manoel de Oliveira teve um amplo reconhecimento crítico, com uma obra que foi sendo pre­miada nos mais importantes festivais de cinema do mundo.

Serralves
PL017520

Ficha informativa

Medidas
21,5 x 26,5 cm
Cor
Preto e Branco
ISBN
9789727393800
Editor
Fundação de Serralves
Idioma
Português / Inglês
Capa
Mole

Também pode gostar