Manoel de Oliveira em Berlim

Catálogo editado por ocasião da exposição na Akademie der Künste, Berlim, de 3 a 29 Março 2009

Manoel de Oliveira em Berlim

Catálogo editado por ocasião da exposição na Akademie der Künste, Berlim, de 3 a 29 Março 2009

Preço
30,00 €

Preço de Amigo
€ 27,00
Quantidade

Ser Amigo faz a diferença. Junte-se a nós!

A publicação editada por ocasião da exposição organizada no âmbito da visita de estado de Sua Excelência o Presidente da Républica Portuguesa, Prof. Dr. Aníbal Cavaco Silva, à República Federal da Alemanha, na Akademie der Künste, Berlim, de 3 a 29 Março 2009.

Este livro deu a conhecer a obra fílmica de Manoel de Oliveira, no ano que o mestre completou 100 anos de vida, uma feliz coincidência com uma exposição internacional o reconhecimento universal de uma linguagem de autor no cinema como exemplo ético de um artista que soube resistir aos gostos dominantes.

Reúne textos de João Fernandes, João Bénard da Costa e uma conversa entre estes e Manoel de Oliveira, e refere retrospetivamente a obra do mestre com imagens dos filmes mais icónicos.

Em 2019, a Fundação de Serralves inaugurou a Casa do Cinema Manoel de Oliveira, como um novo polo de referência no domínio do cinema e das imagens em movimento, reunindo extraordinários núcleos documentais do cineasta.

Manoel Cândido Pinto de Oliveira nasceu a 11 de dezembro de 1908, no Porto. Foi o realizador com a mais longa carreira da história do cinema, num total de 84 anos entre a sua estreia na realização (com Douro, Faina Fluvial, em 1931) e o seu últi­mo filme (Um Século de Energia, em 2015).

Com uma filmografia que inclui mais de cinquenta títulos, foi o único cineasta a passar do cinema mudo ao cinema sonoro, do preto e branco à cor e da película de nitrato ao suporte digital. Tendo continua­do a filmar até aos 106 anos, Manoel de Oliveira teve um amplo reconhecimento crítico, com uma obra que foi sendo pre­miada nos mais importantes festivais de cinema do mundo.

CT000308

Ficha informativa

Cor
Azul
ISBN
9789727392179
Editor
Fundação de Serralves
Idioma
Português
Ano
2009
Páginas
102

Também pode gostar