Tote Bag Sem título, 1975, Ângelo Sousa

Tote Bag com design inspirado na obra Sem título, 1975, de Ângelo Sousa

Tote Bag Sem título, 1975, Ângelo Sousa

Tote Bag com design inspirado na obra Sem título, 1975, de Ângelo Sousa

Preço
15,00 €

Preço de Amigo
€ 13,50
Quantidade

Ser Amigo faz a diferença. Junte-se a nós!

Um saco versátil que combina com qualquer estilo, apresenta a obra Sem título, 1975, de Ângelo Sousa.

Feito de algodão orgânico de alta qualidade, este saco não só é durável e resistente, mas também é eco-friendly, contribuindo para um estilo de vida mais sustentável.

A nova linha de produtos da exposição “Pré/Pós - Declinações Visuais do 25 de Abril” comemora o quinquagésimo aniversário da Revolução dos Cravos. Com design que evoca os cartazes emblemáticos daquele período e materiais modestos que refletem os valores da revolução, esta linha captura a essência da época do 25 de abril em Portugal. Cada produto apresenta um toque vintage nas suas cores e expõe elementos icónicos daquele momento crucial na história do país.

Leve para casa uma lembrança intemporal deste momento marcante de história portuguesa!

Mais do que um simples gesto celebrativo, a exposição “Pré/Pós - Declinações Visuais do 25 de Abril” pretende investigar as tensões, as contradições e os movimentos paradoxais que marcam os períodos imediatamente anteriores e posteriores à Revolução. Num arco cronológico de 1970 a 1977, a exposição regista como o universo das artes refletiu as experiências e sentimentos que terão acompanhado o processo revolucionário e como este se desenvolveu entre o entusiasmo utópico e a apreensão contida. 

Dando visibilidade a artistas e a obras pouco conhecidas no nosso contexto, esta é uma oportunidade única para pensar este período tão rico quanto conturbado da nossa história da arte, onde o manifesto político tanto pode assumir uma vertente mais panfletária, como afirmar-se através de obras de cariz mais conceptual enquanto suporte discursivo e formal das liberdades desejadas e atingidas. Nos mais de trezentos trabalhos expostos que abarcam meios tão variados como a pintura, a escultura, a fotografia, o filme, a gravura, a instalação, o cartaz e a edição de livros e revistas, sublinha-se a presença sísmica das múltiplas representações do corpo, muitas vezes trespassado por referências políticas desafiantes.

Serralves

Ficha informativa

Material
Algodão Orgânico
Medidas
38 x 42 cm
Cor
Multicores
País de produção
Portugal
Artista
Ângelo Sousa

Também pode gostar